Por migueltrindade em 31/07/2020 - 08:52
Atualizado em 02/08/2020 - 23:12

"A/C.: Sr. Kleber Rodrigo Knauer

Assunto: Carta aberta da comunidade de aeromodelistas e escaladores da PEDREIRA DO JARDIM GARCIA (Campinas/SP)

Prezado Sr. Representante da prefeitura Kleber Rodrigo Knauer, Administrador da Administração Regional-5, nos dirigimos à V.Sa. Excelência de forma respeitosa e amigável, logo após receber a informação da vontade manifesta do Sr. Proprietário do terreno onde se encontra a Pedreira acima referida, do fechamento do acesso para automóveis neste local, para evitar aglomerações.

Nós, da comunidade de Aeromodelismo e Escalada da Pedreira do Jardim Garcia, gostaríamos de ressaltar nosso compromisso com a preservação local e a prática de bons costumes, que vem sendo praticada por nossa comunidade há muitos anos. Respeitamos tal decisão, por ir ao encontro de um interesse mútuo: continuar a preservar a Pedreira, manter o local limpo, e frequentado por pessoas de bem, para que as práticas de aeromodelismo e escalada continuem fazendo parte de nossa comunidade, sem impactos negativos e/ou riscos tanto para o proprietário, como para a Prefeitura de Campinas e a comunidade local.

A seguir, gostaríamos de apresentar um breve histórico sobre as práticas de aeromodelismo e escalada esportiva na Pedreira do Jardim Garcia, embasando nosso discurso acima:

Aeremodelismo

GAAP - Grupo Amigos Aeromodelistas da Pedreira

O GAAP originou-se de um grupo de aficionados pelo hobby de aeromodelismo, na região da Chácara do Vovô, Jardim Interlagos e Jardim Magnólia, com a intenção de juntar o maior número possível de praticantes nestas regiões, para difundir de uma forma comum, o conhecimento, experiência e a prática do Hobby, porém de forma segura.

Ao longo dos anos que se passaram, a amizade e a busca do bem comum foram as principais ferramentas a solidificar nossos trabalhos, tendo como foco principal o esclarecimento pleno das técnicas desse hobby, a ponto de torná-lo seguro e prazeroso, dando a oportunidade a novos adeptos, uma prática saudável de um hobby, gerando consciência de grupo e social.

A maior dificuldade foi a forma de exercer tal tarefa, e principalmente adquirir novos adeptos. Árdua tarefa, principalmente pela falta de um local específico para sua prática, tendo em vista que Campinas hoje conta apenas com um clube, sendo este pago e restrito a um número de pessoas. Mas, com objetividade, mais uma vez, conseguimos driblar as dificuldades.

Alocada hoje em um terreno (Antiga Pedreira do Jardim Garcia) temos, com muito suor, trazido dezenas de pessoas a prática de tal hobby, motivando e dando uma visão de sociedade diferente do que a maioria dos hobbys fechados deixa transparecer.

Ideia lançada, com adeptos focados no desenvolvimento e proliferação de sua prática, começamos a nos organizar e nos reunir aos finais de semana para bate papos e discussão de idéias, hora na casa de um, hora na casa de outro, e deu certo!

O Local

Tínhamos próximo às nossas residências um local que seria fabuloso. A Antiga Pedreira do Jardim Garcia. Espaço enorme frequentado, em sua maior parte do tempo, por pessoas de interesse em caminhar e fazer esporte aeróbico e chegamos a conclusão que, se o número de praticantes fosse o suficiente para gerar segurança entre nós, acabaríamos por povoar o local, inibindo a ação de pessoas mal intencionadas.

Com muita coragem, juntamos cerca de 10 pessoas e começamos a nos dirigir para lá, passando algumas horas do final de semana e feriados, durante o dia.

Com a nossa presença constante, acreditamos ter motivado novas pessoas da região a ir mais até aquele local, povoando mais e mais, a ponto de hoje termos mais de 60 aeromodelistas no local, indo até o interior da pedreira, religiosamente todos os finais de semana e feriados, trocar experiências, voar seus aeromodelos e praticar o mais importante, o convívio social saudável, fazendo com que se tornem amigos e não só a prática do hobby, mas principalmente estendendo a convivência no âmbito familiar.

Hoje não somente vai até lá o aeromodelista, que ao carregar seu carro com seus aeromodelos e apetrechos, traz também sua família, para apreciar o local de beleza natural, com uma parede com cerca de 50m de rocha maciça, onde também tem atraído, cada vez mais, praticantes de escalada na rocha.

O projeto

Contando com inúmeros aeromodelistas, bem como visitantes familiares e curiosos, conseguimos nos organizar para que chegasse ao nível de interação que está hoje. Muitas pessoas nos procuram para conhecer, entender a prática e convívio entre os aeromodelistas, bem como elogiar que nossa presença gerou segurança aos moradores da região, coibindo a presença de pessoas mal intencionadas.
Temos nos mobilizado para criar infraestrutura, tanto para alojar as pessoas que praticam, bem como as pessoas que nos procuram com curiosidade e interesse de ingressar no hobby.
Somos um grupo com mais de 60 inscritos, no qual apenas se reúne e doa o que cada um pode para poder proporcionar uma infraestrutura mínima para praticar o hobby, bem como dar o bem estar no local a todos que lá frequentam e procuram, mesmo que meramente para conhecer, sendo este um local, hoje graças à povoação que por lá fizemos, seguro.

Com o passar dos anos, conseguimos construir:

  1. Uma pequena pista de decolagem e pouso de aeromodelos em concreto com espessura de 5cm (construído: 90m comprimento por 10m de largura).
  2. Uma cobertura em metal para fuga dos raios solares.
  3. Uma cerca de metal para isolar área de prática de pessoas que apenas observam.
  4. Placas indicativas com regras de utilização do local para a prática de aeromodelismo e observância.

Escalada Esportiva

A Escalada Esportiva é um esporte relativamente novo, que no Brasil teve seu início nos anos 1980. Houve grande evolução de lá para cá, em termos de segurança e dificuldade técnica, e hoje pode ser considerado um esporte bastante seguro, desafiador e prazeroso, além de ter se tornado esporte olímpico recentemente. Seus praticantes possuem um bom comprometimento com a segurança da prática, pois desde o início devem aprender uma série de procedimentos, e o respeito com a montanha e rocha, pois é lá onde desenvolvem seu esporte, na natureza aberta, onde cada um é responsável por seus atos e pela preservação do local.

Prática local

Em nossa região não temos muitas opções para a prática da Escalada Esportiva. Tomando Campinas como referência, além da Pedreira, os locais mais próximos não estão a menos de uma hora de distância, podendo citar Analândia, Piracaia e São Sebastião da Serra como os mais próximos. Com isso, a escalada na Pedreira Jardim Garcia atrai praticantes de todas as idades e diversas cidades, além de Campinas, como Americana, Indaiatuba, Salto, Itu, Limeira, Piracicaba, Nova Odessa, Valinhos, Jundiaí e até São Paulo.

Hoje, a Pedreira Jardim Garcia conta com 135 vias de escalada, com níveis de dificuldade que contemplam tanto iniciantes quanto atletas de alto rendimento. A mais antiga data de 1989, há mais de 30 anos, e era muito utilizada por escoteiros. Posteriormente, em 2003 houve uma nova onda de abertura de vias, devido a um maior número de praticantes e equipamentos mais seguros, e desde então elas são abertas com frequência.

Cada uma destas vias toma, em média, 4 dias de trabalho de uma dupla, e aproximadamente R$ 200,00 em materiais como parabolts e correntes, sem contar o uso de equipamentos como furadeiras à bateria, ascensores e outros. O trabalho de se montar uma via é grande, desde a limpeza de mato e pedras soltas, ensaio dos movimentos de escalada, até a instalação das chapas de ancoragem (que são fixas e dão segurança à prática), e requer muitas habilidades e esforço.

As vias estão distribuídas por toda a extensão da face rochosa da Pedreira, que são divididas pelos escaladores entre parede da esquerda, central e direita. O maior fluxo de escaladores se dá nos fins de semana. Os primeiros escaladores chegam por volta das 7h da manhã e os últimos saem no começo do anoitecer. Geralmente eles comparecem à Pedreira em duplas, pois a Escalada Esportiva requer duas pessoas para realizar todos os procedimentos com segurança. Ao longo de todos esses anos não foi registrado nenhum acidente fatal.

Vale ressaltar que ao longo dos anos, a comunidade de escaladores também tem tomado atitudes como: recolhimento de lixo, limpeza e preservação do local.

Com isto exposto, reiteramos nosso interesse em fazer parte da solução. Reconhecemos que nestes meses de Pandemia, onde a rotina da maior parte da população foi drasticamente alterada, há um movimento muito intenso de pessoas e carros na propriedade. Acreditamos que a situação se normalizará com o advento da vacina ou redução dos casos, quando escolas, parques, lojas, shoppings e outras opções de lazer estiverem em pleno funcionamento como antes. De todo modo, deixamos expresso aqui nossa intenção em participar do debate para tomar as medidas necessárias e possamos praticar nosso esporte com segurança, como sempre fizemos nas últimas décadas, neste local que prezamos muito e nos deu tantas alegrias e conquistas.

Agradecemos ao Sr. Proprietário, à Prefeitura de Campinas e aos colegas aeromodelistas, que também participam desta conversa."

Assinam esta carta os aeromodelistas e escaladores

Adriano Henrique Nogueira
Alan Gustavo
Alberto Takashi Ino
Alex Barletta Araujo
Alexandre Alves
Alexandre Ultra System
Anderson Guidotti
André Colferai
André Gomes
André Luiz Marquioni ( Cajarana )
André Miyazaki
André R D Baptista
Antonio Rodrigues De Freitas
Ari Ferreira
Camila Prosdocimi
Carlos Donizete Ferreira
Celio Aguinaldo Rubo
Cesar Lijó
Cristiano Carneiro
Daniel Garcia Irédia
Demerson Prearo
Diogenes José Freitas
Edir Aparecido Teixeira
Eduardo Gaya
Eduardo Zagatto De Mattos ( Dinho )
Elias Berni
Eric De Oliveira Cordeiro
Fabiano M. Pincelli
Fabio Cesar Rogatto
Felipe Feltrin Romano
Fernando Costa
Fernando Galbiatti
Filipe Chagas
Francisco José Brasil Silva
Francismar Ferreira Lima
Geraldo Cardoso
Gilmar Candido Chagas
Hamilon José Borges Jr ( Ton )
Heliomar Araújo Barreto
Higor Carlos Marachini
Ivo Alexandre Silva
Jésus Damaceno Filho
Jimmy Sousa
João Alexandre Teixeira
João Vitor Angelo De Souza
Joaquim Dos Reis
José Augusto Tavela
José Francisco Terra
José Luiz Bueno
José Pedro Gebara
José Roberto Rocha Squarcini
Juliano Giorgetti Betarelli
Karin Lazinho
Luis Pesqueiro
Luiz Antonio Pistoni
Luiz Carlos Fagnani ( Delegado )
Luiz F M Montano
Luiz Felipe De Matteis
Luiz Fernando Tomazin ( Kalango )
Marcel Ricardo Pereira De Souza
Marcelo Lazinho
Marco Rocha
Mariana Brusco Marques
Miguel Trindade Jr
Mikael P. Silva
Norberto Luciano De Souza
Osvaldo Cesar Neto
Otavio Oliveira Gebara
Priscila Da Silveira Pavan
Rafael Fiorillo
Randerson Araujo De Lemos
Renato Cabral S.
Ricardo Ferreira
Roberto Carlos Ferro
Roberto Machini
Rodrigo Aderne
Rogério Jorge
Samantha Soifer
Sergio Costa Barros
Stefan Letzow
Tarcio Oliveira Blanco
Thomas Figueiredo
Tiago Duarte
Valdir Antonio Gobbo
Victor Messias
Victor Oliveira
Viviane Cristina De Souza Zanatta
Vornei Augusto Grella
Wagner Antônio Conti Zanatta

Versão oficial em arquivo PDF disponível para download